irrigacao-pivo-central-pivot-no-brasil-minas-gerais-1-1536x1024
23 • 03 • 2021 | POR: administrador

Irrigação cresce quase 20% em 2020

A irrigação agrícola surgiu para tornar possível ao produtor rural e pecuarista a capacidade de impulsionar a sua produtividade e a qualidade dos alimentos. Em 2020, com a alta demanda de produtos do gênero, os investimentos para a irrigação foram bastante estimulados.

Em levantamento realizado pela CSEI – Câmara Setorial de Equipamentos de Irrigação da Abimaq – Associação Brasileira de Indústria de Máquinas e Equipamentos, foi verificado que a área irrigada no País em 2020 aumentou em 249.225 hectares contra 209.500 em 2019, um crescimento de 18,96% de um ano para o outro.

Se contarmos os últimos 20 anos, o crescimento da área irrigada foi de 211%, saindo de 3 milhões de hectares no ano 2000 para mais de 6,48 milhões em 2020. Porém, ainda com a significativa alta na área irrigada, este número está aquém do potencial de irrigação no Brasil e a tendência é de crescimento para os próximos anos.

Irrigação em Minas Gerais

O estado de Minas Gerais está entre os cinco que mais utilizam da irrigação para as mais variadas culturas, como explica o membro do CSEI, Alfredo Mendes. Os projetos são de fruticultura, grãos e café em quase todas a regiões do estado.

O avanço do uso da irrigação é considerado como determinante para o aumento da produção agrícola e da pecuária, pois estima-se que o crescimento para 2021 seja de 10% em relação ao corrente ano.

Potencial de irrigação

Frente ao potencial de irrigação do Brasil, Mendes explica que o crescimento é bastante tímido, em torno de 3% ao ano. “Nosso potencial de irrigação é de 70 milhões de hectares, porém hoje só irrigamos 7 milhões, ou seja, apenas 10% do que podemos atingir, isso sem avançar em áreas protegidas por lei, com a possibilidade ainda de recuperar áreas degradadas com pastagem, tornando-as produtivas.” informa.

O avanço da irrigação ainda depende muito da legislação do Brasil, que possui vários entraves, principalmente os ambientais. O crédito voltado para a irrigação ainda é pequeno. Para se ter uma ideia, o Plano Safra 2020/21, que destina recursos aos produtores rurais, e que se encerra em junho, já estão esgotados.

Tecnologia no campo

Outro fator que vem ganhando espaço no cenário da irrigação no Brasil é a tecnologia. Seja com produtos cada vez mais qualificados, capazes de fazer análises mais detalhadas das áreas irrigadas, bem como o aumento da produtividade.

“A irrigação é uma tecnologia muito importante, que permite ampliar a produção pelo ganho em produtividade, que é muito maior quando comparada com as áreas de sequeiro. No mundo, de toda a área cultivada, apenas 18% é irrigada. Mas, neste espaço, são produzidos 44% da oferta total de alimentos”, explicou.

Fonte: Diário do Comércio

COMPARTILHE

Artigos Relacionados

IMG_7911-1536x1024

Dia Nacional da Agricultura Irrigada

No Brasil, o dia 15 de junho é celebrado como o dia da agricultura irrigada. Apesar de um potencial imenso para a irrigação, o país aplica esta tecnologia em menos de 10% da área agrícola, equivalente a cerca de 7 milhões de hectares.

VER MAIS
reflorestamento

Dia Mundial do Meio Ambiente

No dia 05 de junho é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente. A data foi criada em 1972, na Assembleia Geral das Nações Unidas, a ONU. O evento marcou a abertura da Conferência das Nações Unidas sobre o Ambiente Humano, ficando conhecida como Conferência de Estocolmo.

VER MAIS